Os filtros possuíam cocaína em seu interior.

Três mulheres são barradas com maconha e cocaína em cigarros no CDP de Suzano SAP/Divulgação Três mulheres foram barradas com cocaína e maconha ao tentar entrar no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Suzano no último sábado (25).

A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) informou que, ao todo, foram apreendidos mais de 330 gramas da droga. Por volta das 10h, a irmã de um detento tentou entrar no Centro de Detenção com 132,5 gramas de cocaína escondidos em 20 maços de cigarro.

Ao revistarem os itens trazidos pela mulher, de 36 anos, os agentes de segurança penitenciária perceberam que ela havia adulterado os cilindros do tabaco e substituído os filtros por pequenas porções do entorpecente. No mesmo dia, o centro registrou mais casos semelhantes envolvendo drogas escondidas no filtro de cigarros.

Uma mulher de 30 anos e uma de 39 anos foram flagradas, respectivamente, com 45,9 gramas de cocaína em 17 maços do fumo e 152,6 gramas de cocaína em 20 maços.

As duas são companheiras de presos reclusos no CDP. De acordo a Secretaria da Administração Penitenciária as três mulheres foram encaminhadas para Delegacias de Polícia da região do Alto Tietê, onde foram registrados os boletins de ocorrência e tiveram seus nomes suspensos do rol de visitas da SAP. Após o ocorrido no CDP de Suzano, a direção da unidade prisional enviou comunicados para a Vara de Execuções Criminais, além de instaurar Procedimento Disciplinar Apuratório.